A todos, Namaste!

O Nepal é um pequeno país ao norte da Índia e ao pé da gigantesca cadeia de montanhas do Himalaia, onde fica o monte Everest o ponto mais alto do planeta. Uma nação milenar, pobre e com uma cultura fascinante, embora pequeno o Nepal é formado por vários grupos étnicos que falam diversos idiomas.

Com a população dividida entre praticantes do Hinduísmo (majoritário) e Buddhismo (principalmente a Tradição Tibetana), muita gente não sabe que o Nepal é o país de nascimento do BUDDHA. Lumbíni, o local onde Siddhattha Gautama nasceu era parte do Reino de Kapilavastthu, governado pelo pai do Buddha, que pertencia ao Clã dos Shakyas. Após muitos anos em que o Buddhismo foi proibido no solo onde nasceu, felizmente o Budismo Theravada agora está em crescimento no Nepal.

Até hoje, no vale de Kathmandú, capital do Nepal, ainda existem milhares de Shakyas, descendentes da família do Buddha e são eles que mantém vivo o Buddhismo, chamado de Budismo Newar, uma forma especial de Buddhismo que não existe em nenhum outro lugar no mundo. Com a afiliação de minha Vihara a um importante e tradicional templo do Budismo Theravada (Ánanda Kuti Vihara) é interessante que os visitantes deste site tenham alguma noção do idioma Nepalês, língua oficial do país e da língua Newár, falada pelos descendentes do Buddha.

Abaixo, vemos a Escrita DEVANÁGARI (“escrita dos Dêvas=deuses) o alfabeto usado para escrever Sânscrito, Páli, Maráthi, Nepalês e Newár. É a escrita que venho utilizando e pode ser encontrada em várias matérias deste Blog.

VOGAIS CURTAS E LONGAS:

Acima, vemos exemplo do uso das vogais com a consoante प (P)

Aqui vemos as demais consoantes da escrita Devanágari:

 

E, abaixo, vemos os Algarismos Indianos:

êk           dúi          tín         tsár         pântch    ts´há    sáat       áat           náu         dâsh

Agora, vejamos algumas expressões e frases em Nepalês e em Língua Newár:

o cumprimento oficial é NAMASTÊ! (नमस्ते), usado sempre com as palmas das mãos unidas, à altura do peito, baixando levemente a cabeça e, de preferência, acompanhado de um sorriso!

TAPÁAILÁAI KÓSTÔ TSÁ? – “Para você, como vão as coisas?” é como se diz “como vai você?”

SANTCHÁI HÚN, TAPÁAILÁI NI?  – “Saudável estou, para você então?” Estou bem e você?”

HAJÚR? (se pronuncia HAZÚR) – Sim? / Pois não? / Senhor? / sim, senhor? / o que o Sr. deseja? etc. etc. É a forma educada de se dirigir a uma pessoa de respeito ou de idade. É também o modo de um buddhista leigo responder, quando um monge o chama.

TAPÁAIKÔ NÁAM KÊ HÔ? – “você-de nome o que é?” Qual é o seu nome?

MERÔ NÁAM _______ HÔ. “Meu nome _____ é”  Meu nome é _____

MÓ NEPÁALÍ B´HÁASSA ÁLI-ÁLI BÔLTSÚ – “Eu Nepalês língua pouco-pouco falo” Eu falo um pouquinho de Nepalês…

ALGUMAS EXPRESSÕES EM LÍNGUA NEWÁR:

JWAJALAPA (DJUADJALAPÁ!) – É o equivalente a “Namastê!”

JYU! (Djú) – Significa OK!

MAJYU! (Madjú) – É o oposto, “não está Ok!”

Tsigú náa tsu k´há? – “Você-de nome o que é?” – Qual o seu nome?

Jigu naa___ kha – “Eu-de nome _____ é” Meu nome é _____

Bem, com isto, os visitantes deste Blog já podem ter uma pequena noção da língua do Nepal… Os interessados em aprender mais podem fazer contato comigo e ficarei contente em ensinar mais!

भन्ते सुनन्थो (Bhantê Sunanthô)