२५५४ ०७ २८ Bihibár 2554-07-28

A todos, Jwajalapá!

erta vez, o Buddha foi perguntado sobre quais as maiores bençãos (resultado do bom karma) que um homem pode adquirir. A resposta foi o chamado Mangala Sutra, também publicado neste Blog.

Desta vez, um ser de outra dimensão paralela à nossa veio ao Buddha para saber quais as causas que levam um homem à decadência e ruína pessoal. Em sua explicação, o Mestre enumerou doze causas que podem arruinar alguém. Vamos ao Sutra!

PARÁBHAVA SUTRA

(O Sutra Sobre a Ruína Pessoal)

Traduzido do Inglês, em linguagem simples

pelo Vantê SUNANTHÔ BHIKSHÚ

 Assim me foi transmitido oralmente. Certa ocasião, o Bhagaván estava perto de Shrávastthi, em Jetavaná, no monastério doado pelo milionário Anathapindíka. Quando já era tarde da noite, uma certa Deví, de brilho inigualável, que iluminou todo o parque de Jetavaná, veio à presença do Bhagaván e disse em forma de verso:

– “Sobre o declínio de um homem, nós perguntamos ao Venerável Gáutam. Viemos perguntar ao Bhagaván: Qual é a causa da ruína pessoal?”

E o Bhagaván:

– “Facilmente reconhecível e gradual, facilmente identificável é aquele que está em declínio. Quem ama o Dharma prospera. Quem odeia o Dharma, declina.

E a Deví:

– Nós entendemos isto que pelo Venerável foi explicado. Esta é a primeira causa da ruína pessoal. Diga-nos, Oh Bhagaván, qual a segunda causa do declínio?

– O vício é valioso para ele. Ele gosta de não ser virtuoso; acolhe os maus ensinamentos – esta é a causa da ruína pessoal.

– Nós entendemos isto que pelo Venerável foi explicado. Esta é a segunda causa da ruína pessoal. Diga-nos, Oh Bhagaván, qual a terceira causa do declínio?

– O homem que gosta de dormir e ter muitas companhias, sedentário e preguiçoso, manifesta sua raiva – esta é a causa da ruína pessoal.

–  Nós entendemos isto que pelo Venerável foi explicado. Esta é a terceira causa da ruína pessoal. Diga-nos, Oh Bhagaván, qual a quarta causa do declínio?

– Quem quer que tenha recursos e não sustente o pai e a mãe idosos, esta é a causa da ruína pessoal.

– Nós entendemos isto que pelo Venerável foi explicado. Esta é a quarta causa da ruína pessoal. Diga-nos, Oh Bhagaván, qual a quinta causa do declínio?

– Quem quer que com falsidade engane a um sacerdote ou praticante da Purificação Mental ou qualquer outro yôgui – esta é a causa da ruína pessoal.

– Nós entendemos isto que pelo Venerável foi explicado. Esta é a quinta causa da ruína pessoal. Diga-nos, Oh Bhagaván, qual a sexta causa do declínio?

– A pessoa que tenha muita riqueza, tenha ouro e abundância de comida e guarde tudo só para seu prazer individual, esta é a causa da ruína pessoal.

– Nós entendemos isto que pelo Venerável foi explicado. Esta é a sexta causa da ruína pessoal. Diga-nos, Oh Bhagaván, qual a sétima causa do declínio?

– O homem que seja orgulhoso de seu nascimento, de sua fortuna, de seu Clã e menospreze outras pessoas, esta é a causa da ruína pessoal.

– Nós entendemos isto que pelo Venerável foi explicado. Esta é a sétima causa da ruína pessoal. Diga-nos, Oh Bhagaván, qual a oitava causa do declínio?

– O homem viciado em procurar mulheres, beberrão, apostador, esbanja todos os seus bens, está é a causa da ruína pessoal.

– Nós entendemos isto que pelo Venerável foi explicado. Esta é a oitava causa da ruína pessoal. Diga-nos, Oh Bhagaván, qual a nona causa do declínio?

– Não satisfeito com suas próprias esposas, é visto entre prostitutas e com as esposas de outros homens, esta é a causa da ruína pessoal.

– Nós entendemos isto que pelo Venerável foi explicado. Esta é a nona causa da ruína pessoal. Diga-nos, Oh Bhagaván, qual a décima causa do declínio?

– Um homem que ilude uma mulher, uma jovem, uma adolescente, a toma como esposa e depois abandona, esta é a causa da ruína pessoal.

– Nós entendemos isto que pelo Venerável foi explicado. Esta é a décima causa da ruína pessoal. Diga-nos, Oh Bhagaván, qual a décima primeira causa do declínio?

– Quem através da autoridade, força uma mulher ou outro homem a beber e se tornar perdulário, esta é a causa da ruína pessoal.

– Nós entendemos isto que pelo Venerável foi explicado. Esta é a primeira causa da ruína pessoal. Diga-nos, Oh Bhagaván, qual a segunda causa do declínio?

– Nós entendemos isto que pelo Venerável foi explicado. Esta é a décima primeira causa da ruína pessoal. Diga-nos, Oh Bhagaván, qual a décima segunda causa do declínio?

– Quem não tem mais que algumas posses mas é ganancioso e de matureza briguenta, egoísta e querendo conquistar altas posições, esta é a causa da ruína pessoal.

Percebendo claramente estas doze causas da ruína pessoal no mundo, o Sábio, dotado de nobre percepção, alcança o Reino da Segurança: o Estado Mental do Nirváña.

 Satisfeita com a explicação do Bhagaván, a resplandecente Deví o reverenciou e, com imensa gratidão, desapareceu.