Bôjjhanga Sutra

Para proteção contra doenças e para livrar-se delas

Samsare samsarantánam,
sabbadukkha vinássanê;
satta dhamme tcha bôjjhanguê,
marassêna pamaddanê.

Os sete tipos de Dharma são os Fatores da Iluminação, os quais destroem todo tipo de Dukkha dos seres que vagam pelo Samsara e derrotam o exército de Mara, o malévolo.

Bujjhitvá yê tchimê sattá,
tibhavá muttakuttáma;
adjáti madjara byádhim,
amatam nibbhayam gatá.

Tendo interiorizado os sete Dharmas, as pessoas se libertam dos três tipos de mundo. Alcançam o estado mental do Nirváña, onde não mais há renascimento, nem decadência, nem doença, mas há imortalidade e destemor.

Êvamadi gunupêtam,
anêka guña sangaham;
ôssadhantcha imam mantam,
bôjjhangantcha bhanama hê.

Caros amigos! Vamos recitar este Bôjjhanga Sutra, que possui inúmeras qualidades. Ele é como um remédio e um mantra.

Bôjjhangô sati sankhatô,
dhammanam vitchayô tatha;
viriyam piti passáddhi,
bôjjhanga tcha tathaparê.

Este sete Fatores da Iluminação, que são: Atenção Plena, Investigação dos Dharmas, Esforço em prosseguir na prática, Energia Positiva,  Tranquilidade e dois outros.

Samadh-upêkkha bôjjhanga,
sattê’tê sabbadassiná;
munina sammadakkhata,
bhavita bahulikatá.

Os fatores da Concentração na Meditação e a Equanimidade, estes sete fatores bem explicados pelo Sábio Que Tudo Vê, são cultivados e praticados continuamente.

Samvattanti abhinnáya,
nibbanáya tcha bôdhiyá;
etêna satchtchavadjjêna,
sôtthi tê hôtu sabbadá.

Assim, há a percepção da Verdade, extinção de Dukkha e o conhecimento do Caminho. Através da repetição desta verdade, possa sempre haver felicidade para você.

Ekasmim samayê nathô,
moggallanantcha kassapam;
guilanê dukkhitê disvá,
bôjjhanguê sattá dessayi.

Certa ocasião, quando o Bhagaván viu os Veneráveis Maudgalyána e Kashyápa doentes e sofrendo, ele ensinou os Sete Fatores da Iluminação.

Tê tcha tam abhinanditvá,
rôga mutchtchimsu tankhanê;
etêna satchtchavadjjêna,
sôtthi tê hôtu sabbadá.

Eles, que se deliciaram com o discurso, naquele momento, se livraram da doença. Através da repetição desta verdade, possa sempre haver felicidade para você.

Êkada dhammaradjápi,
guelannêna’bhipilitô;
Tchundatthêrêna tamyêva,
bhanapêtvana sádaram.

Uma vez, quando o Rei do Dharma ficou doente, o Venerável Tchunda, com muito respeito, recitou os Sete Fatores da Iluminação.

Sammôditvána abadha,
tamha vutthássi thanassô,
etêna satchtchavadjjêna,
sôtthi tê hôtu sabbadá.

Deliciando-se com o discurso, imediatamente o Buddha se curou da doença. Através da repetição desta verdade, possa sempre haver felicidade para você.

Pahina tê tcha abadha,
tinnannampí mahêssinam;
maggahata kilêssava,
patta’nuppatti dhammatam;
etêna satchtchavadjjêna,
sôtthi tê hôtu sabbadá.


Assim como os obstáculos, uma vez erradicados pelo Caminho Nobre, não podem surgir novamente, da mesma forma, a doença dos três Grandes Sábios foi eliminada pelos Sete Fatores da Iluminação e nunca mais voltou. Através da repetição desta verdade, possa sempre haver felicidade para você.


Bôjjhanga Súttam Nitthítam.

Aqui termina o discurso sobre os Fatores da Iluminação.

Sádhu! Sádhu! Sádhu!

Fiquem todos em Paz e protegidos!

Vantê SUNANTHÔ BHIKSHÚ