A todos, Namastê!

 exercício da GENEROSIDADE (chamada DÁNA, no Buddhismo) é de fundamental importância, tanto para o praticante quanto para a sobrevivência de nós monges, especialmente na rígida Tradição Theravada, à qual pertenço, onde os monges não tem permissão de trabalhar e temos nosso sustento inteiramente dependente de doações dos leigos.

Para expressarmos gratidão, sempre que algo nos é doado, nós, monges Theraváda, fazemos no ato do recebimento, uma pequena recitação, na qual transferimos ao doador a energia positiva, criada pelo bom karma. Assim, quem doou recebe em troca a energia positiva do monge beneficiado.

Ontem, o jovem Daniel Macan, através de meu filho Kauan, fez uma generosa doação de vários alimentos. Kauan chegou em casa com muitas sacolas de supermercado!

Sem ter conhecimento da prática buddhista da “Transferência de Méritos”, conforme expliquei acima, Daniel, que deixou meu filho em casa, sem ter saído do carro, acabou indo embora sem que eu lhe transmitisse meu bom karma! Assim, tornando público meu agradecimento por mais esse bom ato do incansável Macan, segue abaixo o texto da recitação em Língua Páli, com a garantia de que fiz a Transferência!

Fiquem todos em Paz e protegidos!

YATHÁ WARIWAHÁ PURÁ PARIPURÊNTI SÁAGUERÃN. ÊWA MÊWA ITÔ T´HINÁN PÊÊTANÃN UPEKAPATÍ ITCHIT´HÁN PATIT´HÁN TUIHÁN KIPAMÊWA SAMIDJETÙ SÁABE PURÊNTU DJITESÃNKHAPÁ, DJ´HANTÔ PANERASSÔ YAT´HÁ MANI DJÔ TIRASSÔ YAT´HÁ. SAPPITIYÔ WIWÁ DJ´HANTÙ SÁABBE RÔGO WINÁ DJET´HÚ MÁATÊ BHAWAT´TWANTERÁYU SUGGIDIGÁYU GOB´HAWÊ. BHAWANTU SABBE MANGALAM RAKKHANTU SABBE DEWATÁ, SABBE BUDDHÁNU BHAWENA SADDHA SOTTHI BHAWANTU TÊ, BHAWANTU SABBE MANGALAM RAKKHANTU SABBE DEWATÁ, SABBE DHAMMÁNU BHAWENA SADDHA SOTTHI BHAWANTU TÊ, BHAWANTU SABBE MANGALAM RAKKHANTU SABBE DEWATÁ, SABBE SANGHÁNU BHAWENA SADDHA SOTTHI BHAWANTU TÊ,

 Vantê SUNANTHÔ BHIKSHÚ