A todos, Namastê!

Continuando sua explicação aos Bhikshús, o Buddha ensina como devemos agir diante dos xingamentos, ofensa e difamação e também quando somos elogiados, recebemos honrarias ou até veneração… Vamos ao Sutra:

Elogio e Difamação

 

e por essa razão, outros rivalizam, abusam, xingam e insultam o Iluminado (o Buddha aqui se refere a ele mesmo), Oh Bhikshús, o Iluminado não sentirá nenhuma perturbação, nem rejeição, nem desprazer no coração. E se, por essa razão, outros respeitarem, reverenciarem, honrarem e venerarem o Iluminado, Oh Bhikshús, o Iluminado, por causa disso, não vai se deliciar, nem sentir alegria, nem se envaidecer no coração. Se for essa a razão dos outros respeitarem, honrarem e venerarem o Iluminado, ele pensará assim: “É por conta deste agregado de mente e corpo que já foi por mim totalmente compreendido que eles agem desta forma.”

“Portanto, Oh Bhikshús, se vocês, também, forem rivalizados, abusados, xingados e insultados, não devem por causa disto, deixar crescer a perturbação, nem rejeição, nem desprazer em seus corações. E se os outros os respeitarem, reverenciarem, honrarem e venerarm, por causa disto, não se deixem deliciar, nem alegrar, nem se envaidecerem no coração. Se for essa a razão dos outros lhes respeitarem, honrarem e venerarem, vocês devem pensar:”É por conta deste agregado de mente e corpo que já foi por mim totalmente compreendido que eles agem desta forma.”

MEU COMENTÁRIO: Já vimos, até aqui, que não há nada no Universo que esteja livre da decadência, da disassociação. Quem consultou a matéria (parte deste estudo) sobre “Os Agregados da Existência”, deve ter entendido e mantido claro na mente, que somos apenas elementos combinados, em risco permanente de se desassociarem, nos levando à doença e morte.

Depois, o Buddha nos mostrou com clareza, que não há nada a que possamos chamar de Ego, de Indivíduo, de Eu, Mim, Meu… Portanto, o conceito de um Eu, permanente, imutável e indestrutível e um erro ao qual nos condicionamos a acreditar. Agora, neste trecho do Sutra, o Buddha afirma que, se nos deixarmos perturbar por eventuais ofensas, difamação e xingamentos ou, ao contrário, se nos deixarmos envaidecer por causa de elogios, honrarias e veneração, em ambos os casos, estaremos ALIMENTANDO um ego ilusório, cujo conceito devemos abandonar o quanto antes, pois é um grande obstáculo para nosso cultivo mental e Iluminação.

भन्ते सुनन्थो भिक्षु

Vantê SUNANTHÔ BHIKSHÚ

TODO TIPO DE DOAÇÃO é sempre muito bem-vindo e necessário. Qualquer pessoa pode exercitar a prática da virtude da generosidade, doando alimentos, produtos de limpeza e higiene pessoal etc.

Doações financeiras, de qualquer valor, podem ser feitas através do sistema PAYPAL deste Blog, ou depósito bancário:

BANCO BRADESCO
(SÃO FRANCISCO DE PAULA – RS)
AGÊNCIA: 0932 6
CONTA POUPANÇA: 1001036-5
VIA 01
TIPO 00