A todos, Namaste!

Chegamos à ultima parte do Estudo do “Alagadúpama Sutra”. Nela, o Buddha explica para que tipo de pessoas este Ensinamento é dirigido. Ele ressalta que nada, absolutamente nada, foi escondido, omitido ou dito com a intenção de iludir os praticantes. Vamos ao Sutra…

 

O Ensinamento Explicito e seu Fruto

 

hikshús, este Ensinamento, tão bem proclamado por mim, é pleno, aberto, explicito, livre de insinuações. Este Ensinamento, tão bem explicado por mim, é para aqueles que já são Arahants (Iluminados em vida), livres de mancha, que já atingiram e cumpriram seus objetivos, deixaram cair o fardo, alcançaram a meta, romperam as correntes que os prendiam à existência, foram liberados através do conhecimento completo, não há para eles um novo ciclo de existência que possa aprisioná-los.

“Bhikshús, este Ensinamento, tão bem proclamado por mim, é pleno, aberto, explicito, livre de insinuações, é para os que abandonaram as correntes das cinco formas inferiores de renascimento e renascerão, expontaneamente, em Planos Existenciais Puros e, de lá, nunca mais retornarão a este mundo.”

“Bhikshús, este Ensinamento, tão bem proclamado por mim, é pleno, aberto, explicito, livre de insinuações, é para os que abandonaram as três correntes dos renascimentos inferiores e reduziram o apego (aos prazeres do mundo), o ódio e a ilusão (sobre as coisas do mundo). Todos renascerão neste mundo apenas mais uma vez e, ao retornarem a este mundo, encontrarão o fim das inquietações mentais (Dukkha).”

“Bhikshús, este Ensinamento, tão bem proclamado por mim, é pleno, aberto, explicito, livre de insinuações, é para os que abandonaram as três correntes dos renascimentos inferiores e todos eles adentraram a correnteza, não mais estão sujeitos a cair em reinos inferiores da existência, com certeza, estão direcionados para a Iluminação.”

“Bhikshús, este Ensinamento, tão bem proclamado por mim, é pleno, aberto, explicito, livre de insinuações, é para os que amadureceram no Dharma (Ensinamento do Buddha), amadureceram na auto-confiança e estão, todos, direcionados para a Iluminação Total.”

“Bhikshús, este Ensinamento, tão bem proclamado por mim, é pleno, aberto, explicito, livre de insinuações, é para os que, após comprovarem a veracidade do Ensinamento, confiam em mim, me amam e todos renascerão em Planos Superiores da Existência.

Tendo O Buddha terminado este Ensinamento, os Bhikshús se alegraram com suas palavras. Quanto ao Bhikshú Arittha que, com seu ponto de vista errado, levou o Buddha a ensinar este Sutra, o Buddha decidiu puni-lo com uma suspensão. Mesmo assim, Arittha não mudou de opinião e isto foi considerado como uma falta grave, segundo os Preceitos que guiam a vida de nós monges.

MEU COMENTÁRIO: Nesta última parte do Sutra, o Buddha explica que este Ensinamento serve para seguidores de diversos graus de entendimento, ou seja: para todas as pessoas.

No Buddhismo, estes graus de entendimento do Dharma sãos comparados a alguém que enta na correnteza de um rio e, flutuando, se deixa levar até o fim deste rio, o oceano, comparado aqui à Iluminação.

Quem já atingiu o estágio mais elevado da Sabedoria, é chamado de ANÁGÁMÍ, alguém que, após a morte física, nunca mais vai renascer, está totalmente iluminado. No total de OITO estágios até a Iluminação, o inicial se chama SÔTÁPANNA, que identifica o praticante iniciante no Buddhismo, que acabou de entrar na correnteza. Portanto, o “Alagaddúpama Sutra” é realmente para todos aqueles que quiserem ouvir o Ensinamento do Buddha e praticar na vida diária.

Fiquem todos em Paz e protegidos!

भन्ते सुनन्थो भिक्षु

Vantê SUNANTHÔ BHIKSHÚ

TODO TIPO DE DOAÇÃO é sempre muito bem-vindo e necessário. Qualquer pessoa pode exercitar a prática da virtude da generosidade, doando alimentos, produtos de limpeza e higiene pessoal etc.

Doações financeiras, de qualquer valor, podem ser feitas através do sistema PAYPAL deste Blog, ou depósito bancário:

BANCO BRADESCO
(SÃO FRANCISCO DE PAULA – RS)
AGÊNCIA: 0932 6
CONTA POUPANÇA: 1001036-5
VIA 01
TIPO 00