A todos, Namaste!

 baleia é um mamífero! O elefante também!

Alguém pode dizer: a baleia tem o cérebro e o coração enormes! Mas, também o elefante os tem!

A memória da baleia é tão boa, que ela volta, de tempos em tempos, exatamente ao mesmo local, para ter seus filhos! Sim, é fato! Mas a memória do elefante é tão impressionante que a usamos como exemplo, para definir alguém com excelente memória!

Há muitas pessoas que dedicam suas vidas a salvar as baleias, porque elas estão em extinção… O mesmo acontece com o elefante, que encontra em vários humanos seus protetores contra a extinção!

A baleia e o elefante são majestosos, muito antigos, descendentes de seres gigantescos, impressionam e são queridos por muita gente, em todas as partes do planeta…

Então, alguém poderia sugerir: “Por que não pomos a baleia e o elefante juntos, já que ambos têm tantas coisas em comum? Poderiam formar uma dupla perfeita!

Tolice!!! A baleia jamais seria capaz de correr pelas savanas africanas, afinal, nem ao menos tem pernas! Tampouco daria certo se jogássemos o pobre do elefante no meio do oceano, tão logo avistássemos uma baleia! A tromba pode até parecer um periscópio, mas o elefante não é um submarino!

Baleias e elefantes, não importa quantas coisas em comum possam ter, são incompatíveis! Não falam a mesma língua, não vivem no mesmo lugar, têm hábitos diferentes, realidades totalmente diferenciadas e propósitos de vida que não coincidem! Da mesma forma, caro leitor desta matéria, MESTRES diferentes também são incompatíveis! Não cabe a nós tentar estabelecer paralelos ou fazer competições “bairristas” para decidir quem foi o maior ou quem é o melhor! Como o elefante e a baleia, cada um foi ou é bom em sua própria área de atuação, mas, também como os dois maiores gigantes do planeta, os diversos mestres não podem ser misturados, nem ao menos POSTOS JUNTOS, porque “um sempre será da savana e o outro do oceano”.

Para um buddhista, o Buddha sempre será o maior Mestre da História, se assim não fosse, não se chamaria de buddhista, não parece óbvio? Da mesma forma, quem se considera cristão, tem em Jesus Cristo, o maior Mestre de todos os tempos… Nada mais normal!

O mesmo acontece com outras tentativas de “parceria”, como Lao Tse e Jesus Cristo, Buddha e Mohammad (Maomé), Jesus Cristo e Lao Tse etc. etc. Não importa qual seja a tentativa de combinação, sempre vai ser “elefante com baleia”!

Assim, faça um favor a si mesmo: Toda vez que pensar em misturar ensinamentos, sejam de que Mestre eles forem; toda vez que tentar comparar ou igualar os Grandes Mestres da História, lembre-se do elefante e da baleia. Dê um sorriso, arranje coisa melhor para fazer e, se não conseguir definir a qual deles seguir, deixe cada um deles bem quietinho em um canto…

Fiquem todos em Paz e protegidos!

Vantê SUNANTHÔ BHIKSHÚ